Athletico fica apenas no empate em casa com a Chapecoense
30/09/2019 06:56 em Esportes

O Athletico ficou apenas no empate com a Chapecoense, em 1 a 1, na noite deste domingo (29), na Arena da Baixada, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo pressionando, o time paranaense não conseguiu vencer mais uma em casa e ficou na 9ª colocação da competição.

 

O Furacão volta a campo no próximo sábado (05), às 19h, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O jogo

Com mudança forçada na defesa e novidade no ataque, com Marcelo Cirino na vaga de Marco Ruben, o Athletico foi superior e pressionou a Chapecoense no primeiro tempo. O Furacão criou, sobretudo com Marcelo Cirino, que teve duas chances, mas desperdiçou as oportunidades de abrir o placar.

O Rubro-Negro também chegou com Wellington, aos 24 minutos, mas a tentativa de encobrir o goleiro Tiepo passou por cima do travessão. Nikão chegou a colocar a bola nas redes, mas a arbitragem marcou impedimento.

Melhor para a Chapecoense, que apostou no contra-ataque e na única chegada marcou o gol. Aos 30 minutos, Camilo arrancou e cruzou na medida para Arthur Gomes completar e colocar os visitantes na frente.

Precisando buscar ao menos o empate, o Athletico seguiu na garganta da Chape no início do segundo tempo. Logo nos primeiros minutos, Nikão assustou carimbando o poste de Tiepo. E foi justamente dos pés do camisa 11 que o time conseguiu igualar o placar. Aos 11, em cobrança de falta, Nikão mandou nas redes, empatou o duelo e encerrou um jejum da equipe de um ano e cinco meses sem marcar gols de falta com o elenco principal.

O ritmo caiu após o gol de empate athleticano, com pouca produção para ambos os lados. A melhor oportunidade saiu do Furacão, aos 39, com Marco Ruben carimbando a trave. Pouco depois, aos 41, Lucas Halter também teve chance, mas mandou pela linha de fundo e não conseguiu evitar o empate.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 1X1 CHAPECOENSE

 

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: Domingo, 29 de setembro de 2019.
Horário: 19h.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP).
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).
Árbitro de vídeo: Flavio Rodrigues de Souza (SP).
Assistentes de vídeo: Thiago Luis Scarascati (SP) e Herman Brumel Vani (SP).
Público e renda: 13.669 total | R$ 226.265,00.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!